DeLight:

Com a ideia de unir sabor e saúde surgiu a DeLight, preocupada em agregar praticidade e qualidade de vida! A equipe da DeLight evolui junto as pesquisas e estudos desse segmento fazendo da culinária fit um laboratório de estudos na qualidade, higiene, conservação e aparência de seus produtos. Conheça nosso cardápio, ligue e faça seu pedido!


 

Audiência de ‘Império’ aumenta após personagem de José Mayer sair do armário

Audiência de ‘Império’ aumenta após personagem de José Mayer sair do armário

Revelação da homossexualidade de Cláudio alavancou a performance da trama

Após bater recorde negativo de audiência, a novela ‘Império’ deu uma guinada depois que o personagem de José Mayer saiu do armário. A revelação da homossexualidade de Cláudio alavancou a performance da trama, que chegou a bater 24 pontos de audiência há duas semanas.

De acordo com o F5, do jornal ‘Folha de S. Paulo’, a novela registrou uma média de 32 pontos nesta útima terça-feira (23). Na trama, o personagem de Mayer é cerimonialista e vivia uma vida dupla. Casado e com dois filhos, Cláudio também vivia um romance com Leonardo, interpretado por Klebber Toledo.

Apesar de Beatriz (Suzy Rêgo), a esposa de Cláudio, estar ciente do affair, os filhos e amigos do cerimonialista nunca desconfiaram. Ele saiu do armário depois que o blogueiro Téo Pereira (Paulo Betti) postou uma foto dele beijando Leonardo. A história está dando o que falar dentro e fora da novela. O filho homofóbico de Cláudio, Enrico (Joaquim Lopes) saiu de casa após descobrir a verdade sobre os pais.

 

 

Matéria original: Correio 24h

Arrastão do Psirico é cancelado por violência na Liberdade

Arrastão do Psirico é cancelado por violência na Liberdade

Por conta da morte de três moradores no último domingo, 21, o Arrastão da Liberdade foi cancelado. O evento, que iria comemorar o aniversário de Márcio Victor, da banda Psirico, seria realizado neste domingo, 28.

A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, 24, após uma reunião entre moradores e o comandante da 37ª Companhia Independente de POlícia Militar (37ª CIPM/Liberdade), major Carlos Humberto.

Para substituir o evento, será realizada uma Caminhada pela Paz, que começa em frente ao Banco Bradesco de Pero Vaz, às 10h, e segue em direção à Lapinha.

 

 

Matéria original: Portal A Tarde

Jovem esfaqueada 8 vezes quer marido solto: “a culpa é minha, dei motivo”

Jovem esfaqueada 8 vezes quer marido solto: “a culpa é minha, dei motivo”

A jovem Vanessa Lima, de 22 anos, sofreu uma tentativa de homicídio no último dia 3 de agosto. Moradora da cidade de Tarauacá, no interior do Acre, ela foi esfaqueada pelo marido, com quem vivia desde os 13 anos, enquanto tomava banho. Ele foi preso pela polícia e, agora, ela pede que o agressor e pai dos seus filhos seja solto.

Segundo Vanessa, a agressão só aconteceu porque ela “deu motivo”. “Eu me sinto culpada. Vou falar a verdade, se eu não tivesse dado motivos, ia pedir justiça, mas eu dei. Eu saía de casa, abandonava minhas filhas e voltava dias depois. Fui muito influenciada por amigos que diziam que a vida de solteiro era muito boa e eu acreditava nisso”, disse em entrevista ao G1 Acre.

Vanessa tem dois filhos com o marido. O casal tem uma menina de 4 anos e outra de 7.

Em depoimento à polícia, Vanessa contou que se reconciliou com o marido três semanas após o crime. Ela disse ainda que só denunciou o marido porque no dia do crime estava “com muita raiva e não conseguia enxergar nada”. Segundo ela, depois de refletir sobre o caso, ela compreendeu que era culpada pela agressão, principalmente por ter traído o marido com outro homem, e que é injusto o companheiro pagar por isso. A acreana reforçou ainda que o marido já lhe pediu perdão. “Foram só oito golpes”, diz ela.

Desempregada, a jovem vendeu a casa do casal por R$ 15 mil para contratar um advogado e tentar tirar o marido da prisão. O comprador permitiu que ela permanecesse no imóvel com os filhos até conseguir outro lugar para ficar.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referência para Mulheres Vítimas de Violência Domiciliar Casa Rosa Mulher, Vanessa Mota, atitudes como a de Vanessa são comuns entre mulheres agredidas. Segundo ela, existem casos de mulheres que levam até dez anos para ter coragem de denunciar o companheiro por medo ou por realmente se acharem culpadas. Além disso, muitas temem que os maridos voltem a ter reações ainda mais violentas após a denúncia.

Mesmo com o pedido de anulação da denúncia, o caso continua sendo julgado.

 

Matéria original: Correio 24h

Anvisa determina interdição de lote de tintura para cabelo

Anvisa determina interdição de lote de tintura para cabelo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou cautelarmente, pelo prazo de 90 dias, o lote nº 130039804, com validade até fevereiro de 2016, do produto Tintura Creme Beauty Color, produzido pela empresa Bonyplus Indústria e Comércio Importação e Exportação de Cosméticos Ltda.

O lote foi interditado por causa dos resultados insatisfatórios nos ensaios de análise de rotulagem e teor de peróxido de hidrogênio, de acordo com laudo emitido pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz.

Segundo a Anvisa, a interdição cautelar é uma medida preventiva e temporária, adotada em caso de violação da legislação sanitária ou de risco iminente à saúde, como nos casos de suspeita de desvios de qualidade que podem trazer danos à população. A interdição do produto dura o tempo necessário à realização de testes, provas, análises ou outras providências requeridas, não podendo exceder o prazo de 90 dias.

A resolução foi publicada na edição desta quarta-feira, 17, do Diário Oficial da União.

A Agência Brasil entrou em contato com a assessoria da empresa e aguarda posicionamento sobre a interdição.

 

Matéria Original: A Tarde

Dois corpos são encontrados boiando na praia do Porto da Barra

Dois corpos são encontrados boiando na praia do Porto da Barra

Os corpos das vítimas foram vistos boiando no mar, afastados da areia, no trecho que fica em frente ao Hospital Espanhol

Os corpos de dois homens foram encontrados na praia do Porto da Barra na manhã desta quarta-feira (17). De acordo com informações da Central de Polícia, eles foram avistados inicialmente por volta das 7h, boiando no mar, afastados da areia, no trecho que fica em frente ao Hospital Espanhol.

Eles estavam amarrados com cordas, que estavam presas a paralelepípedos. Os dois corpos também apresentavam marcas de tiros, sendo que um deles também foi atingido por golpes de faca.

Um dos rapazes mortos usava uma bermuda vermelha e uma blusa azul, enquanto o segundo homem usava apenas um short preto. Os corpos deles estavam em estado de gigantismo.

As vítimas ainda não foram identificadas pela polícia. Os corpos dos dois homens foram resgatados pela Capitania dos Portos. Posteriormente, eles serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, onde devem passar por perícia enquanto aguardam identificação.

 

Matéria Original: Correio 24h

Cinco pessoas são presas com droga e armas durante festa em bar de Feira de Santana

Cinco pessoas são presas com droga e armas durante festa em bar de Feira de Santana

Segundo a polícia, os PMs chegaram a até o local da festa depois de denúncias anônimas

Cinco homens foram presos na tarde desta quarta-feira (17) com pedras de Crack e duas armas durante uma festa dentro de um bar na cidade de Feira de Santana, a 109 quilômetros de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, cerca de 19 pessoas participavam da festa.

 

Segundo a polícia, os PMs chegaram a até o local  depois de denúncias anônimas. Um dos homens que estavam na festa chegou a fugir atirando assim que os policias chegaram.

Três dos presos estavam com a droga. Eles foram ouvidos e liberados em seguida. Os outros dois homens permanecem na delegacia e irão responder por porte ilegal de arma.

 

 

Matéria Original: Correio 24h

Bandidos atacam agências bancárias de quatro cidades na Bahia

Bandidos atacam agências bancárias de quatro cidades na Bahia

Roubos aconteceram em Irará, Elísio Medrado, Umburanas e Iaçu

Agências bancárias de quatro cidades baianas foram atacadas por bandidos ontem. Em Irará, cidade de 30 mil habitantes, a 133 quilômetros de Salvador, os Ladrões explodiram o terminal bancário do Banco do Brasil da cidade por volta de 2h da manhã. Antes do ataque, eles trancaram com correntes e cadeados os dois portões da delegacia.

Segundo a polícia, o grupo também usou correntes para amarrar as rodas do carro da Polícia Militar que estava estacionado na rua, em frente à sede da PM. Ao ouvirem a explosão, dois investigadores da Polícia Civil que estavam de plantão tentaram sair e perceberam que estavam trancados. Os policiais precisaram pular o muro para deixar a delegacia.

Cinco pessoas que passavam pela rua nas proximidades da agência bancária foram feitas reféns pelos bandidos, que usaram dinamites para explodir os caixas e fugiram em três carros. Já na cidade de Elísio Medrado, localizada a 224 quilômetros de Salvador, os ladrões explodiram os terminais de autoatendimento da Caixa Econômica Federal.

Os ladrões usaram dinamites na ação, que deixou a agência destruída. Outro ataque aconteceu na cidade de Iaçu, a 279 quilômetros de capital. De acordo com informações da Polícia Civil, pelo menos oito homens encapuzados chegaram à cidade por volta de 2h da manhã em dois veículos.

seguida, foram em direção ao banco e usaram explosivos para roubar o dinheiro dos caixas eletrônicos. Esse é o segundo ataque que acontece na cidade. Há duas semanas, dois filhos de um funcionário do banco foram sequestrados e liberados apenas após pagamento de resgate. O outro ataque aconteceu na cidade de Umburanas, a 450 quilômetros de Salvador.

Por volta de 2h, homens fortemente armados explodiram o terminal de autoatendimento da Caixa Econômica Federal (CEF), que fica na rodoviária da cidade. Nenhum assaltante foi preso em nenhuma cidade.

 

 

Matéria Original: Correio 24h

Pesquisa indica que 94% dos moradores das favelas do país se dizem felizes

Pesquisa indica que 94% dos moradores das favelas do país se dizem felizes

Livro Um País Chamado Favela reúne a mais ampla pesquisa já feita sobre as favelas brasileiras

Uma pesquisa feita em 63 favelas de 35 cidades do país mostrou que 94% dos moradores das favelas se dizem felizes e dois terços não sairiam da favela nem que sua renda dobrasse. E eles também são bastante críticos em relação à qualidade ou à falta de serviços públicos nas comunidades. A pesquisou foi transformada no livro  Um País Chamado Favela, lançado oficialmente neste domingo (14) no Rio de Janeiro.

Um País Chamado Favela traz a mais ampla pesquisa já feita sobre as favelas brasileiras. Um exemplar foi entregue pelos autores Celso Athayde, fundador da Central Única das Favelas (Cufa), e pelo presidente do Instituto Data Popular, Renato Meirelles, ao candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves.

A radiografia que deu origem ao livro abrangeu uma amostra de 63 favelas de 35 cidades de todo o país. Foram entrevistadas 2 mil pessoas, disse à Agência Brasil um dos autores, Renato Meirelles. O livro já foi entregue aos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva  e será entregue a todos os presidenciáveis das eleições de outubro. “A gente acredita que o debate da favela não pode ser bandeira de partido A, B ou C. Tem que ser bandeira da sociedade brasileira em uma discussão de política pública, independente do governante que estiver ocupando o cargo público”, disse Meirelles.

Os dados sócio-demográficos indicam a existência, no país, de 12 milhões de pessoas morando em favelas, o que seria o quinto maior estado do Brasil. “São [espaços] eminentemente urbanos e 89% estão em regiões metropolitanas. A favela é um fenômeno das grandes cidades”. Segundo Meirelles, a pesquisa  identifica que os moradores das comunidades carentes são, em geral, mais negros e jovens.

Por outro lado, eles são bastante críticos com relação  à qualidade dos serviços públicos. “A renda na favela melhorou, mas a qualidade dos serviços públicos ainda não melhorou na mesma  velocidade que a renda, por mais que tenha havido avanços”, argumentou.

Segundo Meirelles, segurança e infraestrutura, onde entra  saneamento básico, iluminação, saúde e regularização fundiária, são pontos importantes. Mas a favela também se ressente de outras coisas, como, por exemplo, um número maior de creches.

Isso se justifica pelo maior número de mães chefes de família nessas comunidades do que na média do Brasil: 43% dos lares são chefiados por mulheres e 21% por mães solteiras. Em uma  escala de zero a dez, os moradores das comunidades dão nota  5,4 para transporte público, 5,05 para hospital público, 4,28 para segurança pública e 6,17 para escola pública.

 

Matéria Original: Correio 24h

Saulo leva deficiente visual para conhecer Ivete Sangalo e não segura emoção

Saulo leva deficiente visual para conhecer Ivete Sangalo e não segura emoção

Cantor foi surpreendido pelo garoto quando desceu do palco, após show no Salvador Fest

Um fã, em meio a multidão no Salvador Fest, fez Saulo Fernandes se emocionar, na tarde deste domingo (14). Assim que acabou o show, o artista viu um garoto deficiente visual chorando, porque queria conhecer Ivete Sangalo. Sensibilizado com a situação, Saulo chamou o rapaz, conversou com ele, e o levou para o backstage do evento. O momento coincidiu com a chegada de Ivete ao local.

Foi aí, que muito emocionado, Saulo não poupou esforços e levou o rapaz para o camarim da amiga, onde ficaram cerca de 20 minutos.

 

Matéria Original: iBahia.com